7 Dicas para Empreender depois dos 40 anos

7 Dicas para Empreender depois dos 40 anos

Empreender é sempre um desafio, independentemente da idade.

Existe muita burocracia e a carga tributária no Brasil é realmente abusiva. Porém, apesar de todas as dificuldades envolvidas, o empreendedorismo nunca deixou de ser a palavra do momento para quem acredita em seus sonhos.

Devido aos baixos salários oferecidos pelas empresas, e a falta de vagas no mercado de trabalho, muito brasileiros decidiram abrir o próprio negócio – e você pode ser um deles.

Primeiramente, não se preocupe com a questão da idade. Você tem uma grande vantagem em relação aos empreendedores mais jovens: experiência de vida. Se você souber usá-la, vai se dar muito bem.

Quer saber quais são as nossas dicas para pessoas que querem abrir a própria empresa depois dos 40 anos? Então continue a leitura:

1. Aprimore seus conhecimentos em marketing digital

Você não precisa ser um especialista em marketing para abrir o próprio negócio, até porque você pode contar com a ajuda de profissionais na área, não é mesmo?

Entretanto, em um mundo cada vez mais tecnológico, é essencial que pessoas com mentalidade empreendedora procurem aprender sobre redes sociais, comportamento do consumidor no mundo virtual e vendas online.

Esse conhecimento vai te ajudar muito mais do que você imagina.

2. Networking

Networking é a capacidade de criar uma rede de contatos com pessoas que você possui interesse em comum.

Conhecer as pessoas certas é essencial para o crescimento do seu negócio. Primeiro, porque elas podem indicar seu trabalho para os outros. Segundo, porque elas podem indicar profissionais para trabalhar para você.

Além disso, alguns dos seus contatos podem até mesmo se tornarem clientes do seu novo negócio.

Uma rede de contato consolidada com profissionais é essencial para que você cresça de forma mais rápida e eficiente.

Quanto maior for a sua capacidade de networking, mais fácil será para você atingir alguns objetivos.

Mesmo que você seja uma pessoa mais tímida, lembre-se de que conhecer pessoas com interesse em comum sempre ajuda de alguma forma.

3. Aprimore seus conhecimentos em contabilidade

Você deve estar pensando: ‘’Mas se eu contratar um contador, por que vou precisar me preocupar com isso? A parte financeira não é responsabilidade dele?’’

Para começar, você não precisa ser um contador profissional. Entretanto, o conhecimento em finanças e leis tributárias vai te ajudar e muito.

O conhecimento em gestão financeira é um dos segredos dos empresários de sucesso. Mesmo que eles contem com a ajuda de administradores e contadores muito bons, a visão do dono faz toda a diferença.

Por isso, é importante que você aprimore seus conhecimentos nessas áreas.

1 de 2