Veja e reconheça: A Importância de Saber Servir o Cliente

Para os empresários que pensam em expandir os seus negócios, é fundamental a importância de saber servir seus clientes

A Importância de Saber Servir o Cliente
A importância de saber servir seus clientes

Nem sempre é fácil aceitar que a todo o momento nossos clientes necessitam de atenção e “mimos”. Mas essa é uma realidade que devemos acreditar e colocar em prática a cada atendimento que realizamos.

Essa atenção pode ser a diferença entre o joio e o trigo dentre concorrentes num mercado cada dia mais competitivo e interativo.

Se teve algo que aprendi ao ler as biografias dos principais empreendedores de sucesso do Brasil, foi que nenhum deles deixou de dar destaque em suas ações à mentalidade de servir ao cliente, característica esta que já os acompanhava desde o início de suas trajetórias profissionais.

Como exemplo trago a biografia do empresário Julio Simões, fundador da empresa JSL Logística. Vindo de Portugal, foi de mecânico, mascate a líder em logística rodoviária no Brasil.

O slogan que ele deu a empresa: “Entender para atender”. Isto é, primeiro conhecer a importância de saber servir o cliente, saber aquilo que ele faz e precisa, para depois atendê-lo com excelência!

Existe uma fórmula para oferecer o melhor aos nossos clientes?

Outro exemplo é o de Celso Ricardo de Moraes, em sua trajetória vitoriosa o presidente do grupo CRM, deixa essa mentalidade evidenciada em seu caminho rumo ao sucesso, ele sempre fez o máximo para oferecer o melhor a seus clientes, mesmo sem ter contato direto com eles.

Nesse sentido, temos dois fatores preponderantes aliados: a competência no atendimento como característica marcante da Kopenhagen, e a vontade de ter esse contato mais próximo com o público por parte do presidente.

Esta junção tem sido de grande proveito ao longo dos anos. No entanto, a maior contradição é Celso Moraes ser diabético e, consequentemente, não poder usufruir sem restrições das “delícias” que tem ao seu alcance e que oferece aos clientes.

Por isso, pensando nas pessoas que, assim como ele, estavam privadas das delícias produzidas por suas linhas de chocolates, desenvolveu a linha diet.

Mas estamos falando de profissionalismo e Celso Moraes, empreendedor nato do jeito que é, procura oferecer aos seus consumidores algo além daquilo que eles adquiriram ou mesmo esperam receber.

Foi um trajeto árduo, dolorido, custoso… Mas gratificante e realizador.

O sucesso é e sempre será a consequência do trabalho e, principalmente, do resultado financeiro também!

A fidelidade do consumidor então, nem se fala! Ou será que alguém volta a comprar em uma empresa em que foi maltratado ou que o produto não teve apreciação ou utilização satisfatória?

Certamente, tal postura só é adotada por quem está seguro daquilo que faz; por quem respeita o consumidor a tal ponto que tem a certeza de que aquela relação não se acabará tão cedo.

Mais que uma lição de empreendedorismo, a trajetória de Celso Ricardo de Moraes é uma lição de vida por tudo que manteve, construiu e reergueu.

O fato é que quando é bem  tratado o cliente pode até esquecer de fazer uma recomendação sobre sua empresa ou serviço, porém, com a popularidade e facilidades de comunicação oferecidas pelas redes sociais, sua insatisfação rapidamente ganhará stores, status e comentários públicos!

Dicas sobre vendas

Pensar que o trabalho de vendas se restringe apenas em captar pedidos é equívoco na certa. Portanto, é imprescindível que saiba a importância de garantir o bom atendimento ao cliente, já que o objetivo é superar as expectativas e conquistar a fidelidade da clientela

Atendimento também é primordial em vendas!

O atendimento está longe de ser apenas a assinatura de um pedido. Esse, na verdade, é o meio do processo, que começa com uma abordagem profissional e termina com a entrega de um produto condizente com o que foi vendido.

E, desta maneira, recomeça. Por isso, na opinião de Roberto Vilela, todo bom vendedor sabe que o trabalho dele não se restringe a captar pedidos.

Buscar o feedback do cliente, entender quais foram os acertos e desacertos do processo e tentar ajudar a companhia a melhorar também são funções do vendedor.

Além do que, quando busca essas informações, ele tem uma oportunidade de ouro de valorizar o que foi bom e de mostrar ao cliente que a companhia está disposta a melhorar o que não foi. E, assim, manter um relacionamento saudável.

No entanto, segundo o consultor especialista em vendas e palestrante José Ricardo Noronha, primeiro é preciso reforçar que “entendimento” é mais importante que “atendimento“, pois só atende bem quem entende profundamente o que faz, os produtos e serviços que vende, o que os concorrentes vendem e, acima de tudo, o que os clientes querem e valorizam.

“Se o entendimento não for pleno, o atendimento será falho!”, opina. Feito isso, é preciso superar as expectativas dos clientes, que só é possível quando oferecemos e vendemos a eles experiências realmente incríveis em todas as suas interações, com os profissionais de vendas e com a empresa como um todo.

“Ao superar as expectativas dos seus clientes, aumenta de forma significativa a possibilidade de transformá-los em verdadeiros fãs da sua empresa, o que terá impacto direto na sua rentabilidade e lucratividade.

Isto porque clientes fiéis compram muito mais e indicam sua empresa, seus produtos e seus serviços aos seus amigos e familiares, sem cobrar um tostão por isso” remete Noronha.

O fato é que existem muitas técnicas para surpreender os clientes com um bom atendimento, porém uma dica rápida e eficaz: Comece todo atendimento como se fosse o primeiro da sua vida e finalize como se fosse o último!

O que você achou?