10 Dicas para fazer um excelente cartão de visita

10 dicas sobre como fazer um cartão de visita

Selecionamos 10 dicas para fazer com que seu cartão de visita e seus resultados com ele sejam excelentes!

Dica 1: personalidade

Você está criando um cartão para representar você, ou uma empresa? Se é apenas você, tente um modelo mais básico. Se é funcionário de uma empresa, inclua o logotipo no cartão. Se o cartão de visita é de uma empresa, busque um resultado de impacto correspondente. Em todos os casos, planeje impressionar com o simples, é bem possível, conferindo as demais dicas abaixo:

Dica 2: simplicidade

Não encha o cartão de visita com propagandas, produtos, serviços, descrições, textos que o tornam excessivo e desagradável. A finalidade de um cartão de visita é facilitar contatos futuros, viabilizar a comunicação. O logotipo, nome da empresa e um slogan curto já são o bastante, pois você ainda vai inserir telefones, e-mail e site da empresa. O designer precisa ser algo simples e objetivo.

Dica 3: material de impressão

Na hora de imprimir o seu cartão, prefira materiais duráveis. Papéis com gramatura acima de 200g/m² são fortemente recomendados (não vá usar cartolina, pelo amor dos seus filhinhos). Isso evita ter um cartão de visita maleável, e preserva as cores da impressão. Dois exemplos são o papel cartão e o papel fotográfico, existindo outras possibilidades de impressão na gráfica .

Dica 4: Cores

Cuidado ao escolher as cores e estilos visuais do seu cartão de visita. As cores precisam causar uma visão agradável, e não podem ofuscar as informações em texto, e nem o logotipo. O logotipo é escuro? Prefira uma cor de fundo mais clara. E vice-versa.

Dica 5: se organize e comece

Durante o processo de criação do cartão de visita, tenha em mãos o logotipo pronto, informações a serem inseridas no cartão, e textos adicionais, como slogan. Mudar coisas durante o processo vai te custar tempo, sob o risco de afetar outros aspectos do projeto. Por exemplo, não deixe para criar o logotipo durante a preparação do cartão de visita.

Dica 6: não trate o cartão como outdoor

O cartão de visita é um aperto de mão durante um diálogo comercial, uma conversa de negócio, seja com um cliente varejista, atacadista, o que for. Nesse momento, você quer deixar a forma de contatar sua empresa. Seja simples, não preencha o cartão com informações sobre os produtos. Para propagandas, use flyers, panfletos, cartazes, catálogos. Organize sua infraestrutura de representação.

Veja também:  Como fazer seu próprio cartão de visita

Dica 7: não imprima seus cartões de visita em casa

O cartão de visita está pronto para impressão? Nessa hora não é recomendado a impressão doméstica. As impressoras domésticas podem ter uma reação diferente ao desejado, a tinta pode sofrer uma variação de tonalidade com o papel escolhido, há chances de borrões, desalinhamentos, desproporção. O que vai sair da impressora doméstica dificilmente será o seu cartão de visita, você não irá visualizá-lo pronto em casa. Deixe a impressão com profissionais, afinal, o cartão de visita precisa transmitir a seriedade que é, levando-se sua impressão a sério. Procure uma boa gráfica!

Dica 8: já escolheu a gráfica? Olho no resultado

Máxima atenção antes e depois da impressão dos cartões de visita. Antes de imprimir a quantidade desejada, peça o menor número de cartões de visita possível por impressão, para verificar o resultado final. O cartão é uma impressão de sua empresa, ele precisa ser apresentável, não ter erros de ortografia e ser totalmente legível. Um cartão de visita que discorde dessas características vai passar uma má impressão de seu empreendimento. Antes de imprimir, revise! Depois de imprimir, verifique!

Dica 9: inove

A gráfica escolhida dispõe de alternativas de impressão e acabamento? Que tal testar algo que dê uma personalidade forte ao cartão? Se couber no orçamento, experimente alternativas que melhorem a aparência do cartão e ao mesmo tempo o tornem durável, como exemplos: acabamento em verniz, impressão em plástico, camada plástica sobre o cartão, laminação fosca. O básico pelo menos, é deixar as bordas arredondadas, tornando-os esteticamente mais agradáveis.

Dica 10: saiba usar seus cartões de visita

O cartão de visita será utilizado no fim de uma transação comercial, numa conversa de negócios. Entregue a clientes que demonstre interesses, parceiros comerciais, fornecedores, distribuidores, e demais pessoas por quais sua empresa possa se interessar num retorno comunicativo. Não distribua gratuitamente como se fossem flyers; o cartão é uma lembrança para alguém que conheceu seus produtos e serviços – ou seja, sempre depois de interagir com um cliente que demonstre de fato algum interesse.

Compartilhe:

Deixe uma resposta